.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De Segunda a Sexta das 7:30 às 11:30 e das 13:00 às 17:00

Obras - Terça-feira, 15 de Maio de 2018

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

AGRICULTORES DE CRUZALTENSE ENTRE OS MELHORES PRODUTORES DE AVES DA JBS

AGRICULTORES DE CRUZALTENSE ENTRE OS MELHORES PRODUTORES DE AVES DA JBS


 

Luiz Vedovatto, um agricultor familiar com 16 hectares de terra, que financiou R$ 580 mil no banco para pagar em 10 anos, alcançou o primeiro lugar entre mais de 150 produtores integrados de aves da região de Trindade do Sul da empresa JBS. Para chegar a isso, alcançou a conversão de 1,58 quilos de ração para produzir um quilo de frango. Luiz tem um aviário  com capacidade para alojar 31 mil frangos e trabalha sozinho na atividade.

Não longe dali, outro agricultor,  Vilmar Saccon,  tem uma estrutura maior: são quatro aviários com capacidade para alojar 22 mil aves em cada. Conta com o trabalho de dois empregados para cuidar da estrutura e também está entre os cinco produtores com melhor conversão da JBS na mesma região: 1,6 quilos de ração para produzir um quilo de frango.  Vilmar, que trabalha há 20 anos com produção de aves, fez um investimento de cerca de R$ 1,6 milhão, mas as construções, os equipamentos e o sistema de produção dos dois agricultores são semelhantes. Os aviários tem um sistema automatizado que regula temperatura, luminosidade, umidade e quantidade de alimento e de água oferecidos para os animais. O segredo para que estejam entre os cinco melhores criadores da empresa é o manejo, o cuidado e o acompanhamento de todo o processo. Tanto Vilmar como Luiz tem assessoramento técnico e foram se profissionalizando com o passar do tempo. Vilmar tem experiência de 20 anos em produção de aves e participa das palestras e eventos técnicos que são oferecidos. Luiz está na atividade há pelos menos dez anos e também garante que o aprendizado e a qualificação são constantes. A empresa integradora oferece assistência técnica.  A extensionista da JBS, Aline Binotto acompanha os agricultores e orienta sobre o manejo. “É importante serem observados os diferentes aspectos do manejo durante o ciclo de produção. Os cuidados com a forma e a quantidade em que o alimento é disponibilizado em cada fase e oferecer as condições ideais de temperatura, luminosidade a umidade são fundamentais para atingir os resultados”, afirma. Para os agricultores, a tecnologia é o segredo para se manter na atividade.  “Quando o sistema era manual o lucro era de, no máximo, trinta centavos por frango e o trabalho era muito maior”, conta Vilmar. 

Apesar da  automatização do sistema facilitar o trabalho,  a atenção continua sendo diária e permanente. “Obedecer as normas técnicas, ter dedicação, cuidado e levar em conta que estamos lidando com uma coisa viva são  fundamentais”, assegura Luiz. Com o trabalho e o resultado de uma boa conversão vem a lucratividade. Descontando o custo de produção os dois agricultores lucram mais de um real por frango vendido. Outro segredo para o sucesso na atividade é o controle financeiro e administrativo. Os agricultores registram os dados financeiros, o custo de produção e as rotinas em planilhas, que servem como base de análise. E as planilhas mostram que a lucratividade triplicou nos últimos anos.

 

Além do Vilmar e do Luiz, pelo menos mais dez  agricultores de Cruzaltense se dedicam à produção de aves, já investiram ou estão investindo em modernos sistemas de produção. Só neste ano, a prefeitura do município fez a terraplanagem para dois  novos aviários e outros dois  agricultores vão receber o serviço, como forma de incentivo à diversificação das atividades. Estima-se que o investimento municipal seja de R$ 100 mil em cada propriedade. Um dos agricultores beneficiados foi Valdir Marin  que está fazendo um grande investimento na propriedade, planejando  aumentar os ganhos com a criação de aves. Desativou um aviário com capacidade de 12 mil aves por lote e no lugar está construindo dois novos aviários e passará a alojar 100 mil aves por lote. O investimento passa de R$ 1,6 milhão. O agricultor confirma que só o valor da terraplanagem para instalar as duas estruturas deve chegar próximo a R$ 100mil. É um custo que ele não precisou bancar porque o serviço está sendo feito pelo governo municipal. “A agropecuária é a nossa indústria, o município depende destas atividades e o poder público é parceiro destes agricultores que investem e apostam na produção”, disse o vice-prefeito, Nelson Jones Franklin da Silva. O programa de incentivo integra as secretarias de Obras e Agricultura. Além de fazer a  terraplanagem a prefeitura também intermedia a instalação de melhorias, como redes trifásicas de energia elétrica, necessárias para a atividade.

210 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.

Unidades Fiscais

.
URM - 2024

R$ 73,30

.
URM - 2023

R$ 73,30

.
URM - 2022

R$ 69,20

.
URM - 2021

R$ 58,70

.
.

Governo Municipal de Cruzaltense - RS.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.