Saltar para o corpo principal da página

Cruzaltense decreta Situação de Emergência por causa da estiagem

Data: 18/03/2020

Com prejuízo estimado em R$ 14.725.810.00, segundo dados do levantamento feito pela Emater, o prefeito de Cruzaltense, Kely José Longo, decretou  Situação de Emergência no município. O levantamento aponta que a falta de chuvas causou, até agora, quebra de 18,98% na cultura de milho, 33,38% na cultura de soja, 20% na produção de feijão e 4,80% na produção de leite. Esta situação resulta em danos materiais e prejuízos econômicos e sociais. O decreto tem validade de 180 dias.

 

Já durante o levantamento das perdas feito nos últimos quinze dias, foi verificado que riachos secaram em várias comunidades e a vazão das fontes diminuiu bastante nas propriedades rurais. Dois poços artesianos que abasteciam as famílias e muitos açudes, de onde os agricultores tiravam água para os animais, também secaram. A pelo menos duas semanas a prefeitura e os Bombeiros Voluntários de Campinas do Sul estão transportando água em caminhões tanque apara abastecer várias propriedades. Máquinas da prefeitura estão fazendo a limpeza de fontes e açudes.

Arrow_Owl
Gallery big d4ac38e1e9aeba48b4b18e5cfa3578b8
Seca-em-Cruzaltense_120320_Riacho-seco-2-768x1024.jpg