Saltar para o corpo principal da página

Mutirão da saúde leva orientação médica a respeito da depressão para as comunidades de Cruzaltense

Data: 21/05/2019

Na tarde da última segunda- feira, 20, a prefeitura de Cruzaltense realizou mais um mutirão da saúde. O evento desta vez aconteceu na linha 9, reunindo os moradores das comunidades de Linha 9,  Santa Cruz, Santa Catarina, Coxilha Seca e Linha 10 e contou com a presença do novo médico da comunidade, Alan Borba, da equipe da Saúde da Família e do NASF, do secretário de Saúde, Lenito Santolin e de Administração e Finanças, Norêmio Pagliarini .

Os encontros com os profissionais da saúde buscam prestar atendimento mais próximo à realidade dos moradores e apresentar materiais de prevenção e orientação médica. A enfermeira Karine Guarnieri e a nutricionista Rochele Saccon, realizaram a triagem e conversaram com os membros da comunidade, buscando avaliar o grau de saúde e as necessidades individuais de cada um para fazer possíveis encaminhamentos com mais agilidade. O secretário da saúde Lenito Santolin apresentou o recente projeto de próteses dentárias contemplado com recurso federal. Salientou a importância da comunidade comparecer a esses eventos para a melhoria do bem estar e da saúde não só na cidade, mas também no campo.

Em todos os encontros, um assunto é escolhido para entrar na roda de conversa. Através de uma pesquisa realizada com a comunidade, o tema depressão foi pautado com mais dúvidas e se tornou o foco da tarde.

Em parceria com a psicóloga Grasiela Rossato, o médico Alan Borba apresentou as causas mais comuns da depressão, explicou a diferença entre a doença e os sintomas convencionais de tristeza e quebrou o principal tabu que cerca a doença: o fato dela não ter rosto e nem idade para se manifestar. Na roda de conversa, a comunidade pode falar abertamente sobre os seus anseios, tirar as suas principais dúvidas e foram orientados pela equipe médica a procurar os serviços de saúde para realizar um acompanhamento completo em caso de necessidade. Além das explicações clínicas a respeito da doença, o médico Alan Borba trouxe para comunidade sugestões sobre formas de ajudar as pessoas a procurar tratamento. A fisioterapeuta Atila Pavan, falou sobre as formas de prevenção ligadas diretamente aos exercícios físicos e apresentou para o grupo formas de se movimentar aonde quer que seja, com materiais que cada um pode encontrar em casa.

Pequenas mudanças como mudar de ambiente em caso de ansiedade e estresse, reservar um tempo para realizar as atividades que dão prazer e ficar atento a alimentação rica em zinco e ômega 3 foram algumas das principais formas de prevenção trazidas pela equipe.

Arrow_Owl
Gallery big ee039ea844c1342f02c01f724ddfaee3
reunioes_comuniades_III.jpg