Saltar para o corpo principal da página

Cruzaltense realiza mutirão contra a dengue

Data: 18/05/2019

Carregadeiras, caminhões e muita boa vontade foram usados no mutirão que recolheu pneus, plásticos e todo tipo de lixo que está na natureza e que pode acumular água. Todos os profissionais da equipe da Secretaria da Saúde, incluindo médicos e enfermeiros, integrantes da Secretaria de Obras, alunos da Escola Estadual e outros voluntários participaram do mutirão. Durante a tarde da última quinta- feira, todas as residências e terrenos da cidade foram visitados com o objetivo de eliminar qualquer material que facilite a proliferação do mosquito.

Esta é a terceira vez que o mutirão é realizado na cidade. E, como nas edições anteriores, muito lixo foi encontrado e recolhido. Neste ano a preocupação com a dengue se intensifica porque o município de Jacutinga, que fica a poucos quilômetros de Cruzaltense, confirmou o primeiro caso suspeito de dengue de 2019 no final do mês passado.

 

Como você pode fazer para afastar a ameaça:

 

- Destruição dos locais reprodução. O mosquito Aedes aegypti reproduz principalmente em água parada. Para evitar a replicação do mosquito, mantenha fechada as caixas d´água, garrafas e baldes com água. Latas, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos e até folhas grandes caídas também merecem atenção, pois podem acumular água da chuva. Nos ralos, utilize sal de cozinha, água sanitária, ou mantenha-os cobertos e fechados.

 

2- Proteção da casa. O Aedes aegypti costuma picar dentro de casa. Portanto, redes de proteção nas portas e janelas da residência ou ao redor das camas evitam o contato do mosquito. Por não gostarem de baixas temperaturas, o uso de ar-condicionado também contribui para afastar os mosquitos.

 

3- Inseticida. O uso de inseticidas é eficaz contra o Aedes aegypti. Espirrar esse produto diariamente nos quartos e salas, seguindo o modo indicado pelo fabricante, ajuda a matar esse inseto e evitar o contágio de doenças. Os repelentes conectados à energia elétrica também são efetivos para afastar os mosquitos.

 

4- Repelente. Entre os três principais agentes dos repelentes disponíveis no Brasil, a icaridina na concentração de 20% a 25% oferece maior duração na pele (dez horas em média de proteção). Os repelentes à base de deet, os mais encontrados nas farmácias, têm concentração de até 15%, e conferem proteção de no máximo seis horas. Já os repelentes com IR3535 são indicados para crianças de 6 meses a 2 anos de idade e exigem a reaplicação a cada duas horas.

 

Arrow_Owl
Gallery big 1ea96206a78c8ea3a219e6f689c6492d
DSC_0001.jpg