Saltar para o corpo principal da página

Cruzaltense reúne mulheres para comemorar o Dia Internacional da Mulher.

Data: 08/03/2019

Encontro de conversa, troca e acolhimento. O evento realizado pelo CRAS de Cruzaltense para o Dia da mulher reuniu nesse 8 de março 185 mulheres para abordar temas como autocuidado, empoderamento feminino, violência doméstica e enfatizar a importância da data na busca de mais direitos para as mulheres.

O prefeito Kelly José Longo e a primeira dama Juliana Regina Gomes Zanotto Longo enfatizaram a mulher como um pilar necessário na edificação da família. “A mulher representa a beleza, mas também o trabalho e a competência. A mulher molda o caminho da família,”salientou o prefeito.

Com um olhar humano, as psicólogas do Cetap, Camila Bortolazzi e Andressa Martins, realizaram uma dinâmica que envolveu as mulheres com o seu interior, trazendo o questionamento: “O que é importante para você?”.  Através de bilhetes lidos no final do evento, cada mulher pode exteriorizar o que realmente era importante para a sua vida e primordial para conquistar o espaço e o respeito que cada uma merece.

Outro tema importante trazido pelas psicólogas foi o termo sororidade e a importância da mulher  estender uma mão amiga às outras e depositar um olhar mais atento e de menos rivalidade, para assim, quebrar o silêncio velado da violência doméstica.

A presença da Delegada Raquel Kolberg e da inspetora de polícia Laysla Hiller trouxe para a roda de conversa informações essenciais sobre o tema violência doméstica. De forma clara e conectada com as mulheres do evento, a delegada abordou a importância da Lei Maria de Pena, instituída em 2006, para o andamento de casos ligados à violência contra a mulher.  Feminicídio, objetificação da mulher como um passe livre para a agressão e a naturalização da violência passada de pais para filhos também foram assuntos discutidos no evento. No final, a delegada apontou como se iniciam os ciclos de agressão e como cada mulher pode reconhecer e buscar ajuda para manter a sua própria segurança.

O evento foi marcado, também,  pela apresentação de Ballet da nova turma do CRAS. A professora Taís salientou que “o Ballet ensina as meninas a dançarem a música da vida com mais leveza e enfrentar as adversidades de cabeça erguida.”  

 

Arrow_Owl
Gallery big 5f8aaa2ea2b99626f72e306bebe0eb33
dia-da-mulher-02.jpg